Porto de Santos supera movimentação prevista para 2012

O Porto de Santos totalizou em 2012 um volume de 104.543.783 t, 7,6% acima do registrado em 2011 (97.170.308 t). O diretor presidente da CODESP, Renato Barco, comemora o resultado, bem acima do previsto pela empresa (103 milhões t), obtido em meio a um cenário de crise internacional. Foram relevantes para essa performance os aumentos verificados nos embarques de milho (119,4%) e de soja em grãos (14,8%), refletindo a conjunção de safras nacionais excepcionais e a manutenção dos preços internacionais em patamares elevados, em decorrência de quebras de safras em importantes países produtores.

As exportações por Santos totalizaram 71.952.023 t e as importações 32.591.760 t. Os sólidos a granel atingiram 50.798.166 t, os líquidos a granel 15.707.583 t e a carga geral 38.038.034 t.

Por duas vezes em 2012 a movimentação de cargas, no mês, suplantou a marca de 10 milhões t e estabeleceu 9 novos recordes mensais.

Granéis Sólidos - Nessa modalidade, os destaques ficaram com o açúcar (16.781.676 t - granel e sacaria), o complexo soja (13.657.425 t) e o milho (10.026.576 t).

O volume exportado de soja em grãos superou as expectativas e se manteve, no ano passado, em torno de 11.212.835 t, um crescimento em torno de 14,8% em relação a 2011. Em torno de 80% desse volume teve como destino a China, que concentra o maior parque industrial de esmagamento do produto. A combinação entre preços internacionais elevados, em virtude das quebras de safras ocorridas em importantes países produtores (Estados Unidos - EUA e Argentina), e uma excepcional safra brasileira, especialmente na Região Centro-Oeste, responsável por cerca de 83% da soja escoada por Santos, foi determinante para esse resultado.

O açúcar permanece ocupando a posição de produto mais movimentado através do complexo santista. Devido ao atraso no escoamento da safra, provocado por chuvas intensas que comprometeram tanto a colheita quanto as operações de embarque, ocorreu uma redução em torno de 0,9% no volume efetivado em 2012. A intensificação dos embarques verificada nos últimos meses do ano, reduziu a queda no volume total.

O ótimo desempenho apresentado pelos embarques de milho se deu em função da quebra da safra norte-americana do produto e a colheita de safra recorde de inverno no Brasil.

Granéis Líquidos - Entre os granéis líquidos destacaram-se o álcool (2.123.054 t) e o óleo diesel e gasóleo ( 1.847.264 t), com aumentos de, respectivamente, 63,0% e 12,0%.

O desempenho do álcool foi o melhor desde 2008, quando foram embarcados 2.744.973 t. Essa performance se deve a um maior acesso do produto ao mercado norte-americano, após a queda, no final de 2011, de medidas protecionistas que os EUA adotaram. Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) mostram que foram exportadas por Santos 1.469.482 t do produto para os EUA, que correspondem a um crescimento de 198,1% em relação ao realizado no mesmo período de 2011 (493.016 t).

Carga Geral - A carga conteinerizada foi o carro chefe da carga geral, atingindo 33.342.714 t ou 3.171.685 teu (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés). Na movimentação de veículos constatou-se queda de 27,7% nas exportações e de 17,4% nas importações.

Fluxo de Navios - Atracaram no Porto de Santos 5.595 embarcações no ano passado, representando uma queda de 4,7% em relação a 2011. Enquanto o número de embarcações vem decrescendo a tonelagem de cargas movimentadas aumenta, por conta da operação de navios de maior porte, decorrente da dragagem de aprofundamento do canal de navegação. Com isso o porto registrou um aumento de 12,22% da carga consignada (tonelagem média por navio), chegando a 19.732 t/navio, contra 17.584 t/navio em 2011.

Na balança comercial o Porto de Santos continua isolado na liderança do ranking dos portos nacionais, elevando sua participação na movimentação das trocas comerciais brasileiras de 24,6%, em 2011, para 25,8% em 2012. As trocas comerciais por Santos totalizaram US$ 120,0 bilhões, bem acima dos US$ 118,2 bilhões verificados em 2011. O total da Balança Comercial brasileira foi de US$ 465,7 bilhões.

FONTE: COMPANHIA DOCAS DO ESTADO DE SÃO PAULO


Rua Oscar Sperb, 16 - CEP 93415-395 - Novo Hamburgo (RS)
Telefone: (51) 3396-5100 / Fax: (51) 3396-5101 e (51) 3396-5102
E-mail: comercial@seifo.com.br
2017 - Seifo - Todos os direitos reservados! Desenvolvimento de Sites em Novo Hamburgo (RS) e Vale dos Sinos